Wabi-Sabi ou a beleza do imperfeito com um rosto humano – a Cavalaria.pt

Wabi-Sabi é, em 2018, o conceito de que a animá-los o mais renomados designers do mundo, convencidos de que este estilo decorativo de ascendência japonesa será refletido com mais frequência em amenajăriile sucesso do futuro. Derivado dos ensinamentos de buda, este conceito de ambiente descontraído e humano, em sua essência, incentiva-nos a aceitar nossas falhas, para aceitar que tudo é imperfeito, do impermanente e do incompleto, tão lindo e humano. Mas ainda assim, como é que isso influencia o arranjo dos espaços interiores? O visual do conceito de Wabi-Sabi promove a assimetria, a simplicidade, a economia, a aspereza e intimidade, ele dirige a nossa atenção para a avaliação de se objetos únicos, com ênfase em apreço as formas não ortodoxas pelo qual eles foram criados.

À primeira vista, esta visão parece começar com o minimalismo que eu já conheci em todo o última hora. Mas os princípios de Wabi-Sabi se mover para além de austeridade e a economia como para mover o foco sobre a importância da privacidade e personalização do espaço em que vivemos.

Objetos únicos, imperfeito

Wabi Sabi

Esta filosofia japonesa nos incentiva a dar-se a objetos da série, com design perfeito, as arestas rígidas e layout impessoal. Em vez disso, podemos voltar nossa atenção para as coisas de fabricação, com texturas imperfeito e personalidade que irá enriquecer o nosso visual e espiritual lugar. Os objetos com o aspecto imperfeito, com rachaduras e olhando aparentemente descuidado, inspira o aconchego, intimidade e parece ter uma história interessante. Podemos levar em conta as estátuas e os bons china vintage, o mobiliário das lojas de lixo, e tapetes confeccionados pelos artesãos locais. Todos esses objetos mostra o cuidado, a personalidade e a um passado especiais.

Um minimalismo com notas pessoais

Wabi Sabi

Se o estilo minimalista fala sobre a necessidade e funcionalidade, Wabi-Sabi complementar estes aspectos com um toque de aconchego e intimidade. Sim, o princípio de minimalista requer que você mantenha apenas os itens necessários, dar o lastro que você carregar o inútil casa e vida. No entanto, você não pode esquecer os acessórios que lhe trazem prazer e que significa algo para você. Talvez Wabi-Sabi vem com uma nota de leve nostalgia, mas que vivem em um ambiente estéril e o frio não é bom para a alma e não a mente. Evite armazenar todos os tipos de sacanagem desses histórias sem fim através da casa, mas manter as coisas de valor sentimental forte, porque eles lembram de quem vocês realmente são.

Cores simples, mas quente

imagem11-01-2018-12-01-08

O cool branco, preto e cinza, impessoal, Wabi-Sabi, propomos para mover para o beges, e as cores quentes, inspirado pela terra e com a natureza. Este conceito baseia-se na utilização de materiais naturais e técnicas não-invasivas. Todo o espaço interior deve inspirar a calma da natureza e das cores que dominam o ambiente natural. Ainda, em 2017, pode ser observado que as tendências estão indo em direção a uma maior proximidade com a natureza e a condição espiritual que dar retorno às raízes.

Quente, pessoais e imperfeito

imagem11-01-2018-12-01-09

O conceito japonês dirige nossos olhos para a beleza do imperfeito, pelos objetos que já temos e que nós não apreciá-los. Seus nós podemos dar-lhes uma nova vida, se podemos usá-las com outros fins que não o principal. Talvez não há necessidade de jogar fora seus pratos de papel para a esquerda a partir de um belo conjunto, mas não correspondidas, ou as canecas recebidas de amigos, mas usá-los como decoração, para criar a partir deles, outros itens úteis.

O conceito de Wabi-Sabi é extremamente antigo e bem conhecido na cultura asiática, bem como no círculo estreito de designeriilor superior. Eu acho uma certa dose de otimismo na sua tendência para pegar o agora grande e em nosso mundo, com suas idéias de positivo, nota essencial da intimidade, com uma forte conexão entre o homem e a sua casa, mas com uma abordagem simples e mais eficiente de vida.